Rússia considera comprar dívida da Espanha, dizem autoridades

Após declarações do ministro de Finanças e do vice-primeiro-ministro, euro ganhou impulso e superou o patamar de US$ 1,34

Danielle Chaves, da Agência Estado,

18 de janeiro de 2011 | 08h29

A Rússia está monitorando a situação da dívida da Espanha, afirmou o ministro de Finanças da Rússia, Alexei Kudrin, depois de o vice-primeiro-ministro russo, Alexander Zhukov, dizer que o país está considerando comprar bônus espanhóis.

No entanto, Kudrin observou que é muito cedo para saber se a Rússia realmente vai reconsiderar sua posição em dívida espanhola. O ministro também afirmou que nenhuma decisão será tomada em relação a uma participação do país na Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF).

O euro ganhou impulso da notícia e superou o patamar de US$ 1,34. Às 7h30 (de Brasília), a moeda subia para US$ 1,3404, de US$ 1,3296 no fim da tarde de ontem. Em novembro do ano passado a Rússia havia afirmado que seus dois fundos soberanos não comprariam mais dívida da Espanha ou da Irlanda. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.