Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Rússia tem até fim do mês para decidir sobre embargo a carne brasileira

Expectativa era de que o país se manifestasse até esta semana sobre o assunto 

Célia Froufe, da Agência Estado,

20 de julho de 2011 | 16h25

Os russos terão até o fim do mês para se posicionarem em relação ao pedido de suspensão do embargo feito pelo governo brasileiro e que atinge 85 frigoríficos de carne bovina, suína e de frango dos Estados de Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul. A informação é do gabinete do ministro da Agricultura, Wagner Rossi, e diz respeito à interrupção da importação desses produtos brasileiros, que teve início em 15 de junho.

A expectativa era de que a Rússia se manifestasse até esta semana sobre o assunto. Isso porque, no dia 6 de julho, de volta de uma missão a Moscou para tentar resolver a questão, o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Francisco Jardim, informou por meio de sua assessoria de imprensa que o Serviço Federal de Fiscalização Veterinária e Fitossanitária da Rússia (Rosselkhoznadzor) havia pedido 15 dias para se manifestar sobre a última negociação. O secretário disse ainda que o Brasil respondeu a todos os questionamentos feitos pelos importadores.

A Agência Estado apurou no início deste mês que o rol com os 85 frigoríficos deve ser substituído por uma nova lista de unidades que terão restrições temporárias para exportar para o país. O embargo por unidade, em vez de Estado, faria parte de um acordo alcançado entre autoridades brasileiras, que estiveram em Moscou nesta semana, e representantes russos.

Tudo o que sabemos sobre:
embargorussiacarnefrigoríficosbrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.