Ryanair negocia compra de 200 jatos com Boeing e Airbus

Aviões têm preço de tabela de cerca de US$ 70 milhões cada, mas a empresa espera negociar desconto 50%

REUTERS

17 de fevereiro de 2009 | 13h23

A companhia aérea de baixo custo Ryanair está conversando com Boeing e Airbus sobre uma encomenda de 200 aviões por até 7 bilhões de dólares. As entregas começariam em 2013, afirmou o presidente-executivo da empresa, Michael O'Leary, nesta terça-feira. A Ryanair, entretanto, não está em negociações avançadas com nenhuma das duas fabricantes em relação às encomendas, preferindo esperar por um "colapso dos pedidos" para conseguir negociar um acordo me melhores termos, informou o executivo. Os aviões têm preço de tabela de cerca de 70 milhões de dólares cada, mas a Ryanair espera negociar um desconto de pelo menos 50 por cento, para pagar cerca de 35 milhões a 40 milhões de dólares por cada aeronave, em uma encomenda total de cerca de 7 bilhões de dólares, acrescentou. "O preço é de 70 milhões de dólares, mas nós nunca sonharíamos em pagar nada como isso", disse ele a jornalistas após uma coletiva de imprensa sobre os planos da companhia na Itália.

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASRYANAIRCOMPRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.