Ryanair vê lucro anual no topo da estimativa

Ryanair vê lucro anual no topo da estimativa

Número maior de passageiros puxa as expectativas para cima, segundo o presidente da empresa

REUTERS

25 de setembro de 2014 | 09h10

A Ryanair, maior companhia aérea de baixo custo da Europa, disse nesta quinta-feira que espera que seu lucro líquido para o ano consolidado fique na extremidade superior da estimativa atual, de entre 620 milhões a 650 milhões de euros (788-826 milhões de dólares), devido a um número mais alto de passageiros.

O presidente-executivo da companhia, Michael O'Leary, afirmou na assembleia geral anual da empresa que a Ryanair espera agora um total de 87 milhões de passageiros este ano, ante uma previsão anterior de 86 milhões, devido ao que descreveu como um recorde de reservas para voos futuros.

No entanto, O'Leary advertiu que a administração está "cautelosa" com a nova previsão de lucro, dizendo que a companhia é fortemente dependente do "yield" - receita média por milha por passageiro - na segunda metade do ano financeiro da empresa, que vai até o final de março.

A companhia aérea com sede em Dublin deve anunciar seus resultados do primeiro semestre em 3 de novembro.

(Por Conor Humphries)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASRYANAIRHLDGSPERSPECTIVAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.