Safra 2003/04: governo prevê 10,5 milhões/t de milho na safrinha

Brasília, 2 - O governo estimou há pouco que a produção de milho na safrinha deste ano será de 10,5 milhões de toneladas. A previsão supera a estimativa anterior, divulgada em junho, quando a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) previu colheita de 9,998 milhões de toneladas de milho na segunda safra. A nova previsão, sexta para o ano-safra 2003/04, foi divulgada pelo presidente da Conab, Luís Carlos Guedes Pinto, na sede da estatal, em Brasília. Apesar de o governo ter elevado a previsão, a colheita de milho safrinha nesta safra será menor do que a confirmada em 2003. No ano passado, os produtores colheram uma supersafra de milho safrinha, totalizando 12,797 milhões de toneladas. Com os números da safrinha, a previsão é que a colheita de milho nas duas safras de 2003/04 será de 42 milhões de toneladas, informou a Conab. No ano-agrícola anterior, a Conab estimou colheita de 47,410 milhões de toneladas de milho nas duas safras. A redução é de 11,1%. "Os principais fatores responsáveis por essa redução foram a concorrência com a soja e a falta de chuvas, principalmente na região Sul do País", afirmou. Ele descartou, no entanto, risco de desabastecimento. A produção de 42,2 milhões de toneladas adicionadas ao estoque inicial de passagem de 6,6 milhões de toneladas possibilitou um suprimento de 48,9 milhões de toneladas. Considerando o consumo de 40,4 milhões de toneladas e exportações de 4,5 milhões de toneladas o estoque final de passagem de 4 milhões de toneladas. O governo também revisou para cima os números para a safra 2003/04 de trigo. A produção está estimada em 6,073 milhões de toneladas. Em junho, a colheita de trigo foi estimada em 5,894 milhões de toneladas. Na safra anterior, 2002/03, a produção de trigo foi de 5,851 milhões de toneladas. Guedes Pinto argumentou que a produção do cereal poderá sofrer alterações visto que as lavouras encontram-se nos estágios de enchimento de grãos. Houve um incremento de área de 10,7%, passando de 2,5 milhões para 2,7 milhões de hectares. A nova estimativa da Conab para a safra 2003/04 indica produção de 119,3 milhões de toneladas de grãos e algodão. Em junho, a perspectiva era de colheita de 119,415 milhões de toneladas. Na safra 2002/03, a produção total foi de 123,168 milhões de toneladas. Clima adverso nas regiões produtoras e a ferrugem da soja fizeram a Conab a reduzir suas projeções. Em outubro do ano passado, quando foi divulgada a primeira estimativa de intenção de plantio, a expectativa era de colheita no piso de 124,417 e no teto de 127,741 milhões de toneladas. (segue)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.