Safra 2004/05: para Agroconsult, número da Conab é realista

São Paulo, 27 - O analista Fábio Meneghin, da Agroconsult, afirmou que a projeção de plantio de grãos da Conab é realista. Segundo ele, a consultoria trabalha com números próximos dos divulgados pelo governo, tanto em área plantada de grãos quanto na produção de soja. O 1º levantamento de safra 2004/05 da Conab estimou a área entre 47,925 milhões e 48,608 milhões de hectares. Em 2003/04, o plantio foi de 47,546 milhões de hectares. Já a produção foi estimada entre 128,883 milhões de toneladas e 130,895 milhões de toneladas. Na safra 2003/04, a produção foi de 119,251 milhões de t, conforme a Conab. Já a produção de soja foi estimada entre 59,518 milhões de toneladas e 60,806 milhões de toneladas. A área semeada é estimada entre 22,003 a 22,483 milhões de hectares. Segundo Meneguin, os números são razoáveis. Ele afirma que a expectativa de que a produção superasse as 65 milhões de toneladas ficou exagerada diante das projeções de preços e alta dos insumos. Em uma visita recente ao Mato Grosso, a Agroconsult notou que os pequenos produtores estão reduzindo a área plantada, enquanto os grandes a estão aumentando, mas reduzindo a tecnologia. No caso do milho, o analista da Agroconsult considera excessivamente elevada a projeção da Conab para a safrinha. A Conab acredita que a produção total em 2004/05 ficará entre 42,710 milhões e 43,090 milhões de toneladas, das quais entre 32,239 milhões e 32,618 milhões de toneladas serão de milho de safra de verão. "Isso significa estimar a safrinha em torno de 10 milhões de toneladas, número que dificilmente será atingido", afirmou. Segundo Meneguin, a área semeada na safrinha pode ficar estável, mas a produtividade dificilmente será elevada por causa da redução da tecnologia. "A uréia, principal ingrediente da adubação de cobertura, subiu mais de 100% nos últimos 18 meses, e seu uso deve cair."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.