Safra de milho do Brasil crescerá quase 4% em 07/08, diz Conab

A safra de milho do Brasil deverá terum crescimento de quase 4 por cento na temporada 2007/08, emcomparação com o período anterior, enquanto a de soja deveregistrar leve baixa, informou nesta terça-feira a CompanhiaNacional de Abastecimento (Conab). A estatal estimou a safra de soja em 58,2 milhões detoneladas, leve baixa ante o recorde de 58,4 milhões detoneladas registrado em 2006/07, enquanto a produção de milhoem 07/08 foi prevista em 53,4 milhões de toneladas, alta de 3,8por cento ante a produção de 51,4 milhões de toneladas natemporada anterior. Na comparação com a estimativa de dezembro, praticamentenão houve alteração nos números da soja --a Conab previa umaprodução de 58,1 milhões de toneladas. Já os números referentes ao milho foram elevados em mais de1 milhão de toneladas de um mês para o outro -- a estatal haviaprevisto 52,3 milhões de toneladas em dezembro. "O aumento (do milho) é justificado pelos bons preços doproduto, face ao forte crescimento da (demanda) daavicultura/suinocultura e das exportações", afirmou a Conab emum comunicado. No ano passado, o Brasil exportou mais de 10 milhões detoneladas de milho, um recorde. Segundo a estatal, com níveis de produtividade dentro dosparâmetros normais, ocorrerá uma produção na primeira safra demilho de 38 milhões de toneladas. A segunda safra foi estimadaem 15,3 milhões de toneladas. A área cultivada com milho nas duas safras foi prevista em14,3 milhões de hectares, alta de 1,5 por cento na comparaçãocom a temporada anterior. Já a leve redução na expectativa de produção de soja--apesar de aumento de 1,2 por cento na área plantada, para20,9 milhões de hectares-- decorre de problemas climáticos noRio Grande do Sul, segundo a Conab. "Esse fato ocorre, principalmente, pela redução naprodutividade do Rio Grande do Sul, tendo em vista asadversidades climáticas e fitossanitárias que podem ocorrer...além de ocorrência do fenômeno La Niña no desenvolvimento e nafase crítica de produção das lavouras." Em seu quarto levantamento do ano-safra 2007/08, a Conabmanteve inalterada a previsão para a safra de trigo, em 3,8milhões de toneladas. A safra de algodão em pluma foi estimada em 1,59 milhão detoneladas, contra 1,52 milhão de toneladas em 06/07. "A área a ser cultivada está estimada em 1,15 milhão dehectares, 3,4 por cento superior à safra passada. Esse aumentodeve-se, basicamente, aos contratos firmados para entregafutura", relatou a Conab, ressaltando que a irregularidadeclimática atrasou o plantio, principalmente, no Estado de Goiáse no oeste da Bahia. (Por Ray Collit)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.