Sanidade animal: governo libera R$ 11 milhões para laboratórios

Brasília, 8 - O governo vai liberar R$ 11,106 milhões para modernização dos laboratórios de referência animal localizados em Pedro Leopoldo (MG), Recife (PE), Porto Alegre (RS), Campinas (SP) e Belém (PA). Os recursos serão liberados pelo Ministério da Agricultura. Os laboratórios são responsáveis pelo diagnóstico de doenças animais virais como febre aftosa, anemia infecciosa eqüina e raiva, e bacterianas, como brucelose, leptospirose, salmonelose e tuberculose. Todos os laboratórios dão apoio operacional às ações da Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura. Além do controle de doenças, os laboratórios também são equipados para fazer o controle de vacinas veterinárias, inspeção de alimentos de origem animal e fiscalização de insumos pecuários. A rede nacional de laboratórios do ministério também faz o monitoramento de laboratórios particulares credenciados para fazer controle de alimentos. Ao ampliar os investimentos na sua rede de laboratórios, o governo espera reforçar o controle de doenças que podem restringir a inserção dos produtos brasileiros no mercado internacional, como a febre aftosa, uma forte barreira às exportações de carnes. O laboratório de Minas Gerais receberá R$ 2,2 milhões do total anunciado. Ele está sendo adaptado para abrigar um laboratório de alta segurança. As informações são da assessoria de imprensa do ministério.

Agencia Estado,

08 de setembro de 2004 | 19h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.