Sanofi chega a acordo para compra da Genzyme, dizem fontes

A Sanofi-Aventis concordou em comprar a Genzyme por 19,2 bilhões de dólares em dinheiro mais o direito a um valor futuro, dependendo das vendas de um remédio em experimento da Genzyme, de acordo com duas fontes com conhecimento do assunto.

TONI CLARKE, REUTERS

15 de fevereiro de 2011 | 17h28

Pelo acordo, os acionistas da Genzyme receberão 74 dólares por ação em dinheiro mais um valor variável conforme o desempenho das vendas do remédio Lemtrada, para esclerose múltipla.

Espera-se que o acordo seja anunciado na manhã de quarta-feira, disseram as fontes.

A aquisição --a segunda maior da história envolvendo uma empresa de biotecnologia-- dá à francesa Sanofi, que negociou com a Genzyme por quase nove meses, participação no mercado de medicamentos para doenças raras. O negócio também ajuda a Sanofi a compensar sua receita em declínio devido a remédios que perderam a patente e enfrentam competição de genéricos.

Representantes da Sanofi não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto.

O porta-voz da Genzyme, sediada em Massachusetts, Bo Piela afirmou que "não pode confirmar" se um acordo já foi fechado.

As ações da Genzyme registravam alta de 3,5 por cento no meio da sessão em Nova York, para 74,28 dólares. As ações da Sanofi na bolsa dos Estados Unidos subiam 1,8 por cento.

No ano passado, acionistas da Genzyme rejeitaram uma oferta inicial da Sanofi de 69 dólares por ação. Uma pesquisa da Reuters feita em agosto indica que a maioria dos acionistas só venderia suas ações na faixa de preço de 75 a 79 dólares.

Anteriormente, fontes disseram à Reuters que o valor a ser pago no futuro deve ser de 5 a 6 dólares por ação.

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASSANOFIGENZYME*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.