Sanofi faz acordo para comprar Genzyme por US$20,1 bilhões

A farmacêutica francesa Sanofi-Aventis concordou nesta quarta-feira em comprar a empresa de biotecnologia Genzyme por 20,1 bilhões de dólares em dinheiro, além de pagamentos adicionais relacionados ao nível de sucesso dos medicamentos do grupo norte-americano.

REUTERS

16 de fevereiro de 2011 | 12h26

A aquisição, que ocorre nove meses após o presidente-executivo da Sanofi, Chris Viehbacher, apresentar oferta à Genzyme, deve impulsionar os ganhos da companhia francesa a partir do primeiro ano após a conclusão do negócio, garantindo à farmacêutica uma nova plataforma voltada a doenças raras.

A Sanofi pagará 74 dólares por ação da Genzyme em dinheiro e terá um direito de valor contingente negociável, cuja quantia dependerá do desempenho do medicamento experimental para esclerose múltipla Lemtrada e do desenvolvimento de outros dois produtos.

O anúncio da operação, que confirmou a informação fornecida por fontes à Reuters na véspera, marca a segunda maior aquisição na história da indústria de biotecnologia e ajudará a Sanofi a equilibrar sua receita em queda decorrente de medicamentos que perderam, ou estão prestes a perder, proteção de patente.

A Sanofi espera que o negócio, previsto para ser concluído no início do segundo trimestre, eleve seu Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) para entre 0,75 e 1 euro por ação até 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASSANOFIGENZYME*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.