Santander lidera reclamações no BC pelo sexto mês seguido

No total de reclamações recebidas pelo Banco Central sobre grandes bancos, o número caiu na comparação de julho com junho

Eduardo Cucolo, Agência Estado

15 de agosto de 2013 | 11h50

BRASÍLIA - O Santander liderou, pelo sexto mês seguido, o ranking de reclamações do Banco Central (BC), entre as instituições financeiras com mais de 1 milhão de clientes.

O banco Santander registrou em julho um índice de 2,64, número que considera as reclamações procedentes divididas pela quantidade de clientes multiplicada por 100 mil. A lista traz ainda Itaú (1,29), Banco do Brasil (1,21), HSBC (1,00) e Banrisul (0,82) nas primeiras posições.

O total de reclamações contra os grandes bancos caiu em relação a junho. Foram 2.043 demandas consideradas procedentes no mês passado, ante 2.406 no sexto mês do ano. Os números se referem apenas ao descumprimento de normas do Conselho Monetário Nacional (CMN) ou do BC. As demandas mais comuns foram reclamações por débitos não autorizados em conta (397), prestação de forma irregular do serviço conta salário (390) e tarifas (cobrança irregular por serviços não contratados), com 222 registros.

No ranking de instituições com menos de 1 milhão de clientes, as primeiras posições ficaram com Bonsucesso, BMG, BNP Paribas, Panamericano e Banco Daycoval. Entre as administradoras de consórcio, lideram o ranking Groscon, Zema, Santander Brasil, Massey Ferguson e Caixa Consórcios.

Tudo o que sabemos sobre:
BCSantander

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.