Santander mantém estimativas de crédito para 2012

O Santander Brasil não planeja mudar as estimativas de crédito para 2012, que prevê expansão de 15% a 17% este ano. O presidente do banco, Marcial Portela, destacou que essa projeção foi feita no fim do ano passado e vale também para 2013.

ALTAMIRO SILVA JÚNIOR E CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

26 de julho de 2012 | 11h55

Portela afirma que, em 2012, o banco pode crescer no piso dessa faixa. "Em algum momento, o crescimento pode estar mais perto de 15% do que de 17%", disse em entrevista à imprensa para comentar os resultados do banco.

A expectativa do Santander é que o segundo semestre tenha atividade econômica mais aquecida que no primeiro. Portela acredita que o Produto Interno bruto (PIB) pode crescer na casa dos 3,5% a 4% no quarto trimestre, sinalizando recuperação da economia também para 2013.

A atividade econômica mais aquecida é favorável à atividade bancária, destaca Portela. Por isso, o banco prevê alcançar "velocidade de cruzeiro" na segunda metade de 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
Santanderbalançosegundo trimestre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.