São Paulo concentra um terço dos salários pagos por empresas, diz IBGE

De um montante de R$ 781,9 bilhões, 34,2% são recebidos por empregados no Estado, segundo o Cadastro Central de Empresas 2009

Daniela Amorim, da Agência Estado,

25 de maio de 2011 | 10h09

O Estado de São Paulo concentra mais de um terço dos salários e remunerações pagos a trabalhadores assalariados de empresas no País. De um montante de R$ 781,9 bilhões, 34,2% são recebidos por empregados no Estado, segundo o Cadastro Central de Empresas 2009 (Cempre), divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

São Paulo tinha ainda 31,4% das unidades locais das empresas ativas em 2009 e 29,6% dos funcionários assalariados.

De acordo com o levantamento, o Estado de Minas Gerais aparece em segundo lugar em unidades locais (11%) e pessoal ocupado assalariado (10,3%), mas perde para o Rio de Janeiro em volume de salários e outras remunerações (11%). 

Tudo o que sabemos sobre:
IBGECempreSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.