São Paulo pode ser sede da Telefônica América Latina

A capital paulista seria a sede das operações voltada a América Latina, enquanto Madri concentraria negócios europeus e serviços corporativos do grupo e Londres, a Telefónica Digital

Luana Pavani, da Agência Estado,

31 de julho de 2012 | 15h09

A alta cúpula da empresa espanhola de telecomunicações Telefónica estuda transferir a sede dos negócios para a América Latina de Madri para São Paulo. "A companhia estuda essa possibilidade", afirmou uma porta-voz à Agência Estado.

Na noite de domingo, o jornal El País trazia em sua edição eletrônica uma reportagem sobre a análise da mudança de sede, segundo a qual fontes diziam que dessa forma o presidente da Telefónica Latinoamérica, Santiago Fernández Valbuena, e parte de sua equipe seriam transferidos para São Paulo. A capital paulista seria a sede das operações voltada a América Latina, ao passo que Madri concentraria os negócios europeus e serviços corporativos do grupo e Londres, a Telefónica Digital.

Como havia informado ao final de maio, a Telefónica avalia medidas para melhorar a flexibilidade financeira e reduzir sua dívida, entre as quais venda de alguns ativos, como a Atento, e a oferta de ações de alguns negócios na América Latina.

Tudo o que sabemos sobre:
TelefônicasedeSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.