Sarkozy quer discutir com China contribuição a pacote de resgate

Segundo fonte ouvida pelo 'WSJ', presidente da França telefonará para o líder chinês Hu Jintao nesta quinta

Gustavo Nicoletta, da Agência Estado,

26 de outubro de 2011 | 17h35

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, pretende telefonar para o presidente da China, Hu Jintao, na quinta-feira, 27, para discutir como Pequim pode contribuir com um fundo que teria como objetivo comprar títulos soberanos emitidos pela Grécia e por outras nações fiscalmente frágeis da zona do euro, de acordo com uma autoridade do governo francês ouvida pelo Wall Street Journal.

Sarkozy e Hu também devem conversar sobre os tópicos da reunião das 20 maiores economias do mundo (G-20) prevista para novembro, em Cannes.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.