SAS assina acordo com 8 sindicatos para reestruturação

A empresa escandinava SAS disse que assinou acordo com todos os sindicatos com os quais estava em negociação desde quinta-feira (15). Após o acordo, o conselho da SAS decidiu que a companhia pode implementar um plano de reestruturação considerado como essencial para a sua sobrevivência. Às 14h35 (de Brasília), as ações da SAS subiam 23,21% na Bolsa de Estocolmo.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

19 de novembro de 2012 | 15h57

O plano, anunciado no dia 12 de novembro, inclui venda de 3 bilhões de coroas suecas (US$ 441,6 milhões) em ativos, cortes de 800 empregos, bem como reduções de salários e aumento de horas trabalhadas para funcionários. As mudanças planejadas foram negociadas com os sindicatos.

A SAS precisava da aprovação de todos os sindicatos para continuar as negociações com os bancos sobre uma nova linha de crédito de 3,5 bilhões de coroas suecas enquanto conclui a reestruturação. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
SASsindicatoacordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.