SDE aprova aumento do Grupo Pão de Açúcar na Sendas

O Grupo Pão de Açúcar recebeu hoje o primeiro aval do governo para aumentar a participação no capital social da Sendas, que hoje é de 50%, e se tornar o detentor de todas as ações da empresa. A aprovação da recomendação do negócio pela Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae), do Ministério da Fazenda, foi seguida pela Secretaria de Direito Econômico (SDE), do Ministério da Justiça. A decisão do secretário da SDE, Vinícius Carvalho, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de hoje e agora segue para o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

CÉLIA FROUFE, Agencia Estado

25 de abril de 2011 | 13h41

Em 2004, a Sendas e o Pão de Açúcar firmaram uma associação concordando em transferir todos os estabelecimentos de comércio varejista no Estado do Rio de Janeiro à Sendas Distribuidora, que foi detida, em conjunto, pelo Grupo Pão de Açúcar e pela Sendas S.A. O acordo fechado há sete anos, no entanto, previa que o controle operacional e administrativo fosse feito pelo Grupo de Abílio Diniz.

Para a Seae, a operação não traria efeitos anticompetitivos no setor varejista de supermercados e hipermercados. Na avaliação da secretaria isso ocorre porque o Pão de Açúcar já era detentor de "participação societária relevante" no capital da empresa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.