Seguradora Líder DPVAT amplia parceria com Correios

A Seguradora Líder DPVAT, responsável pelo pagamento das indenizações do seguro obrigatório no País, está ampliando a parceria existente com os Correios para atender as vítimas de acidentes de trânsito. A rede de atendimento da companhia será aumentada em cerca de 55%, totalizando 7,5 mil pontos em todo o Brasil.

ALINE BRONZATI, Agencia Estado

20 de junho de 2013 | 12h53

A partir de sexta-feira, 21, todos os beneficiários do DPVAT já poderão solicitar, gratuitamente, a indenização do seguro obrigatório em qualquer agência própria dos Correios. "Iniciamos esta parceria no passado no intuito de aumentar o atendimento em Estados como Ceará, Maranhão e Piauí, mas já pensávamos em estendê-la para todo o Brasil", conta Ricardo Xavier, presidente da Seguradora Líder DPVAT.

A escolha dos três Estados foi motivada, conforme ele, pela maior concentração de atravessadores, pessoas que cobram uma porcentagem do valor da indenização para dar entrada ao pedido do seguro obrigatório embora a solicitação seja gratuita. Dentre os Estados que passaram a contar com o atendimento do DPVAT também nas agências próprias dos Correios estão São Paulo e Rio de Janeiro. No total, serão mais de 2,6 mil novos pontos que vão incrementar a rede atual da Seguradora Líder.

O próximo passo será, segundo o presidente da seguradora, ampliar o atendimento do DPVAT também para as agências franqueadas dos Correios. Para viabilizar a extensão dos pontos de atendimento, a Líder, em parceria com os Correios, trabalhou numa "operação de guerra". Desde o ano passado, a empresa se debruçou no aperfeiçoamento dos sistemas, treinamento de pessoal, estruturação da rede e preparou uma campanha nacional a partir de julho próximo para divulgar a parceria.

Com o acordo estendido, o objetivo da Líder, segundo Xavier, não é elevar o volume de pedidos de indenização, mas melhorar o atendimento aos beneficiários. "Nosso grande gol será quando conseguirmos reduzir o número de pagamentos, pois significaria menos acidentes de trânsito", explica Xavier.

Tudo o que sabemos sobre:
Líder DPVATCorreios

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.