Seguros Unimed fará aumento de capital de R$ 30 milhões

O conselho de administração Seguros Unimed aprovou aumento de capital social de R$ 30 milhões, conforme edição de hoje do Diário Oficial da União. "O aumento de capital visa suportar os investimentos da companhia no desenvolvimento de novos negócios, ampliação da carteira de clientes no segmento saúde e aquisição de novas tecnologias", justifica a seguradora no comunicado.

ALINE BRONZATI, Agencia Estado

20 de setembro de 2013 | 09h53

Para isso, serão emitidas 225.563.910 ações ordinárias, ao preço de R$ 133,00 por lote de mil ações. Poderão exercer o direito de preferência, na subscrição de ações, os acionistas titulares em 17 de setembro, dia da reunião, na qual foi aprovado o aumento de capital, na proporção de suas participações no prazo de 56 dias, iniciado ontem e que se encerra em 14 de novembro próximo.

Em comunicado assinado pelo presidente da seguradora, Rafael Moliterno, a companhia informa que, após subscrição das ações e a integralização dos R$ 30 milhões, nova reunião do conselho de administração da companhia será convocada para homologar o aumento de capital. Para efeito de dividendos no exercício de 2013, porém, as novas ações a serem emitidas não farão jus ao pagamento "pro rata temporis", ou seja, proporcional ao tempo.

No primeiro semestre deste ano, a Seguros Unimed apresentou lucro líquido de R$ 61,4 milhões, aumento de 22% se comparado ao mesmo período de 2012. Os prêmios de seguros passaram dos R$ 700 milhões, montante 23,2% maior que o visto em um ano. Para a segunda metade do ano, Moliterno, em recente nota à imprensa, disse que o objetivo da seguradora é consolidar o seu produto ''odonto'', intensificar a oferta e venda de previdência privada e solidificar a entrada nos seguros de ramos elementares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.