Sementes: Brasil ajuda Monsanto a elevar previsão de lucros

São Paulo, 20 - Vendas robustas de sementes de milho no Brasil e na Europa, de algodão de boa qualidade na Austrália e a demanda encorajadora por esses dois produtos nos EUA levaram a Monsanto a elevar suas previsões de lucro. Excluindo itens especiais, o lucro no primeiro trimestre fiscal deve ficar em US$ 0,13, de US$ 0,04 previsto anteriormente. Separadamente, a companhia afirmou que deve registrar uma despesa de US$ 285 milhões no primeiro trimestre fiscal, em antecipação a litígios e obrigações ambientais. Para 2005, a empresa elevou a previsão de lucro de US$ 1,77 a US$ 1,90 por ação para US$ 1,85 a US$ 2 por ação. As informações são do site aberto CBSMarketWatch.

Agencia Estado,

20 de dezembro de 2004 | 13h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.