Senado francês aprova reforma da previdência

Projeto de lei prevê aumento da idade mínima de aposentadoria de 60 para 62 anos

André Lachini, da Agência Estado,

22 de outubro de 2010 | 16h28

O Senado francês aprovou nesta sexta-feira, 22, o plano do presidente Nicolas Sarkozy de reforma da previdência, que prevê, entre outras medidas, o aumento da idade da aposentadoria mínima de 60 para 62 anos. O projeto de lei provocou uma ampla onda de protestos no país.

"Chegará o dia em que os opositores irão agradecer o presidente e o governo (...) por agir responsavelmente", disse o ministro do Trabalho da França, Eric Woerth, logo antes do Senado aprovar o projeto com 177 votos a favor e 153 contra. O governo utilizou uma medida especial para acelerar o processo de votação.

O plano necessita agora de uma aprovação formal pela comissão parlamentar conjunta das mudanças no texto original e da aprovação do Conselho Constitucional, a mais alta autoridade constitucional na França.

As informações são da Dow Jones e da Reuters.

(Texto atualizado às 16h55)

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaSenadoreformaprevidência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.