Senai/Firjan vai desenvolver simuladores para Petrobras

A Petrobras anunciou nesta terça-feira, 16, a assinatura de um convênio com o Senai/Firjan para o desenvolvimento de simuladores e ambientes virtuais. O acordo prevê a produção de 14 simuladores de operações a serem utilizados para capacitação de profissionais da indústria de óleo e gás nos próximos cinco anos. O investimento no projeto será de R$ 83,6 milhões, proveniente da aplicação de recursos associados aos investimentos obrigatórios em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e em treinamento, num montante de 1% do faturamento dos campos que pagam participação especial.

AE, Agencia Estado

16 de abril de 2013 | 12h57

"Este investimento viabilizará um treinamento altamente qualificado para profissionais do setor, focado tanto no aumento da eficiência quanto na segurança operacional", destacou a Petrobras em nota.

Os simuladores ficarão instalados no Núcleo de Treinamento Offshore Nelson Stavale Malheiro, em Benfica (RJ), onde já estão instalados outros três simuladores. Esses equipamentos (simulador de lastro, planta de processamento primário e o centro de treinamento em instalações elétricas) já foram utilizados no treinamento de mais de 4 mil empregados da Petrobras desde 2006.

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrasconvênioSenai-Firjan

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.