S&P 500 e Nasdaq caem por bancos e tecnologia

Os índices Standard & Poor's 500 e Nasdaq encerraram em leve queda nesta segunda-feira, enquanto o Dow Jones reverteu os ganhos ao longo da sessão e fechou praticamente estável. Comentários do chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, alimentaram nervosismo com a recuperação da economia.

ANGELA MOON, REUTERS

07 de dezembro de 2009 | 20h06

O Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, teve oscilação positiva de 0,01 por cento, para 10.390 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq caiu 0,22 por cento, para 2.189 pontos.

O S&P 500 perdeu 0,25 por cento, para 1.103 pontos.

Os papéis dos setores financeiro e tecnológico estiveram entre os que mais pesaram sobre o mercado. O índice financeiro do S&P perdeu 1,6 por cento, enquanto o de bancos KBW cedeu 2,1 por cento.

Falando ao Clube Econômico de Washington, Bernanke disse que a inflação pode permanecer sob controle, mas a taxa de desemprego nos EUA deve continuar elevada por algum tempo.

Inicialmente, os comentários do chairman do Fed levantaram as ações e derrubaram o dólar, mas depois alguns investidores travaram posições.

Bernanke afirmou que a economia norte-americana enfrenta "obstáculos formidáveis", entre eles o fraco mercado de trabalho e as condições de crédito limitado, que têm persistido apesar dos esforços do Fed para dar suporte à economia.

"Obviamente, houve um impulso inicial, mas à medida que as pessoas olharam mais para isso, elas se deram conta... de que realmente temos enfrentado 'obstáculos formidáveis'", disse Tim Speiss, sócio da Eisner LLC, em Nova York.

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.