S&P 500 fecha praticamente estável após ata do Fed

O índice S&P 500 fechou praticamente estável nesta quarta-feira, após as ações norte-americanas reduzirem e até reverterem perdas com a divulgação da ata da reunião mais recente do Comitê de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Federal Reserve, banco central norte-americano, que indicou que a autoridade monetária pode estar pronta para uma nova rodada de estímulos.

CHUCK MIKOLAJCZAK, Reuters

22 de agosto de 2012 | 18h28

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, recuou 0,23 por cento, para 13.172 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 0,02 por cento, para 1.413 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 0,21 por cento, para 3.073 pontos.

A ata da reunião de 31 de julho e 1o de agosto sugeriu que o Fed pode adotar mais uma rodada de estímulos monetários "em breve", a menos que a economia do país melhore consideravelmente.

A única questão para os mercados é se a recente melhora nos dados econômicos, que emergiu após essa reunião, convenceu o chairman do Fed, Ben Bernanke, de que não são necessárias novas ações.

"O mercado está questionando se a melhora que temos visto é substancial o suficiente para Bernanke. Ele quer que os dados se transfigurem em geração de empregos no setor privado", disse o estrategista de mercado do Prudential Financial, Quincy Krosby.

"A reação inicial dos mercados é de que o Fed intervirá mais cedo ou mais tarde", adicionou.

As ações passaram boa parte da sessão em território negativo após dados sobre exportação do Japão e cautela em relação às reuniões nesta semana da Grécia com autoridades da União Europeia funcionarem como justificativas para que investidores tomassem uma atitude cautelosa depois do recente rali.

Entre as ações mais negociadas nesta quarta-feira esteve a da Dell, que fechou em baixa de 5,4 por cento a 11,68 dólares um dia após a segunda maior fabricante de computadores norte-americana alertar sobre um segundo semestre difícil e reduzir suas projeções de lucro para o ano. O índice de hardware de informática NYSEArca perdeu 1 por cento.

Na terça-feira, o S&P 500 atingiu seu maior nível em mais de quatro anos, mas não conseguiu manter essa máxima, e o índice fechou em baixa. Entretanto, a marcha constante do S&P 500 em direção ascendente elevou o nível de apoio a curto prazo para 1.400 pontos, embora talvez o índice necessite de um catalisador positivo para estender seu rali.

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.