S&P rebaixa rating da Usiminas para BB+

A Standard & Poor''s Ratings Services rebaixou o rating corporativo em escala global da Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais (Usiminas) de ''BBB-'' para ''BB+'' e em escala nacional de "brAAA'' para ''brAA+''. A perspectiva foi mantida estável.

PATRÍCIA BRAGA, Agencia Estado

24 de agosto de 2012 | 18h42

"O rebaixamento da Usiminas reflete nossa visão de que a empresa não foi capaz de melhorar significativamente sua posição de custos nos próximos dois anos, o que nos levou a rever nossa visão do perfil de negócios da empresa de "satisfatório" para "insatisfatório". Nossa expectativa é que o crescimento econômico do Brasil será lento, resultando em uma redução na demanda doméstica por aço em meio à já desacelerada demanda global, com os preços do minério de ferro continuando elevados, e a competição do aço importado mantendo a ameaça para os produtores locais. Como resultado, estamos reduzindo nossa perspectiva para o desempenho operacional da Usiminas em 2012, que esperamos ser desapontador no primeiro semestre do ano."

A S&P afirma que a Usiminas manterá sua competitividade como líder na produção de aço no Brasil com uma participação de mercado significativa, com a indústria de automóveis como seu principal cliente. Entretanto, a S&P diz que não espera que a Usiminas recupere sua eficiência operacional em breve, que está significativamente debilitada desde 2008, porque a empresa, ao contrário de seus parceiros, não tem sido capaz de lidar com a alta no preço do minério de ferro, carvão, e custos de energia. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Usiminasrating

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.