S&P revê perspectiva de rating da PDVSA para negativa

A agência de classificação de risco Standard & Poor''s revisou sua perspectiva para a Petroleos de Venezuela S.A. (PDVSA) de estável para negativa, mantendo o rating B+ da companhia. Segundo a S&P, a revisão reflete o fato de que um possível rebaixamento da Venezuela levaria a uma ação semelhante no rating da PDVSA.

Agencia Estado

22 de abril de 2013 | 19h29

Para a agência, o ajuste ocorre com base na avaliação de que o governo forneceria "suporte extraordinário" à PDVSA no caso de problemas financeiros. A S&P cita também, em seu relatório, a ligação "integral" entre o governo e a companhia.

"Podemos rebaixar os ratings da companhia, se rebaixarmos o soberano da Venezuela. Uma ação positiva do rating é improvável neste momento. Não esperamos que o relacionamento da PDVSA com o governo mude de forma significativa nos próximos dois ou três anos", afirmou a analista de crédito da S&P, Fabiola Ortiz. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PDVSAS&Prebaixamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.