Serasa: pagamento em dia por empresas cai para 94,5%

A pontualidade de pagamento das micro e pequenas empresas no País apresentou uma queda leve de 0,1 ponto porcentual em maio ante abril, segundo pesquisa divulgada hoje pela Serasa Experian, empresa especializada em análise de crédito. A pontualidade no pagamento recuou de 94,6% em abril para 94,5% em maio.

CIRCE BONATELLI, Agencia Estado

20 de junho de 2011 | 13h56

Isso significa que a cada 1 mil pagamentos realizados no mês passado, 945 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias, enquanto os demais pagamentos tiveram atraso maior que sete dias. Este levantamento desconsidera dívidas não quitadas.

Na comparação entre maio deste ano e o mesmo mês do ano passado, o indicador recuou 0,7 ponto porcentual, de 95,2% para 94,5%. Esse resultado representa a terceira queda consecutiva do indicador na comparação anual.

Segundo avaliação dos economistas da Serasa Experian, a queda na pontualidade das micro e pequenas empresas é resultado do cenário de alta dos juros e do aperto nas condições de crédito. Em nota, a instituição avalia que esses fatores estão produzindo "efeitos adversos sobre o custo financeiro e o caixa das micro e pequenas empresas, afetando negativamente a pontualidade de pagamentos junto aos seus credores, financeiros e operacionais".

As maiores quedas de pontualidade no pagamento em maio de 2011 ante o mesmo mês de 2010 foram registradas entre micro e pequenas empresas do setor de serviços (1,4 ponto porcentual), industriais (0,8 ponto porcentual) e comerciais (0,2 ponto porcentual).

Tudo o que sabemos sobre:
dívidapagamentoempresasSerasa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.