Setor de energia e Treasuries fazem Wall Street subir

Os índices acionários dos Estados Unidos subiram nesta quinta-feira, à medida que uma alta nos preços do petróleo fez as ações de empresas do setor de energia avançarem.

CAROLINE VALETKEVITCH, REUTERS

28 de maio de 2009 | 18h40

Também contribuiu para a alta das bolsas o último leilão de Treasuries, uma vez que a operação diminuiu as preocupações com relação à demanda por dívida do governo norte-americano.

O índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, avançou 1,25 por cento, para 8.403 pontos. O termômetro de tecnologia Nasdaq subiu 1,20 por cento, para 1.751 pontos. O índice Standard & Poor's 500 teve valorização de 1,54 por cento, para 906 pontos.

Os papéis da Exxon Mobil estiveram entre as maiores altas percentuais do Dow Jones, depois que o petróleo encerrou no maior valor desde novembro. Um relatório mostrando queda nos estoques do petróleo elevou os preços da commodity.

"Nós tivemos o encontro da Opep hoje e, além disso, nós tivemos os dados dos estoques e ambos foram favoráveis para o preço do petróleo. Isso está ajudando todo o setor", disse Owen Fitzpatrick, chefe da área de ações norte-americanas no Deutsche Bank Private Wealth Management, em Nova York.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo decidiu manter a produção nos níveis atuais.

As ações se recuperaram das perdas da véspera, ampliando os ganhos no final da sessão com a alta do mercado de títulos.

Os preços dos Treasuries de 10 anos, referência do mercado, subiram, garantindo remuneração de 3,64 por cento. Na quarta-feira, tanto o mercado de títulos quanto o acionário caíram por preocupações com a crescente quantidade de papéis da dívida do governo.

Tudo o que sabemos sobre:
WALLSTFECHAATUA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.