Setor de turismo cresce mais que a economia brasileira entre 2003 e 2007

Atividades do segmento registraram expansão de 22% no período, ante os 19,3% verificados no conjunto da economia do País 

Jacqueline Farid, da Agência Estado,

22 de outubro de 2010 | 10h10

O setor de turismo cresceu mais que o conjunto da economia brasileira entre 2003 e 2007, segundo mostra pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 22, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o instituto, no período, as atividades de turismo (definidas como "responsáveis por produtos e serviços cujo consumo seria sensivelmente reduzido na ausência de turistas e que vão desde alojamento em hotéis até o serviço de fotografias para passaportes e vistos") registraram expansão de 22,0%, ante os 19,3% verificados no conjunto da economia do País.

De acordo com a pesquisa Economia do Turismo - Uma Perspectiva Macroeconômica 2003-2007, elaborada pelo IBGE em parceria com o Ministério do Turismo, o segmento manteve inalterada a participação de 3,6% no valor adicionado (equivalente ao Produto Interno Bruto) da economia e, dentro do setor de serviços, sua participação caiu de 5,6% para 5,4% no período.

Em 2007, de acordo com a pesquisa, dos R$ 82,7 bilhões gerados pelas atividades características do turismo, os serviços de alimentação foram responsáveis por R$ 28,9 bilhões (35,0%); transporte rodoviário, por R$ 17,4 bilhões (21,0%); e atividades recreativas, culturais e desportivas, por R$ 14,8 bilhões (17,8%). 

Tudo o que sabemos sobre:
TurismoIBGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.