Setor prevê que preços dos contratos de carvão devem dobrar

Os altos preços do cobre e do ourosão o assunto do setor de mineração no momento, mas o carvãotambém está chamando a atenção já que os novos contratos depreço para o produto destinado à produção de aço devem dobrar. Alguns produtores e especialistas na indústria de carvãovêem um aumento de 225 a 250 dólares por tonelada para oscontratos de longo prazo --ante 90 dólares neste ano-- emgrande parte por causa das enchentes e dos problemas detransporte na Austrália. "O carvão é a história mais quente no setor de mineraçãohoje, e é por isso que estamos felizes por sermos o segundomaior produtor de carvão metalúrgico para o exterior", disseDonald Lindsay, executivo-chefe da Teck Cominco, durante oSummit Global da Reuters de Mineração. "Estamos atualmente recebendo 91 dólares (por tonelada) eas pessoas acham que o preço pode ir para 120 a 130 dólares",explicou. "(Mas) embarques imediatos de carvão têm sido feitos a 350dólares por tonelada e relatórios de analistas dizem que ocontrato a longo prazo pode ir para 225 a 250 dólares", disseLindsay. O chefe da divisão de energia da Rio Tinto disse esperarque os preços dos contratos de fornecimento de carvão a longoprazo permaneçam fortes em 2009-2011. "Os preços extremamente altos que vimos recentemente tantopara o carvão térmico quanto para o coque foram impulsionadospelo desequilíbrio entre a oferta e a demanda", disse PrestonChiaro à Reuters. "O aperto da oferta e demanda do carvão não vai melhorarpor muitos anos devido à infra-estrutura limitada e à fortedemanda". REUTERS CM DL

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.