Shell reabre oleoduto nigeriano que havia explodido

A subsidiária nigeriana da Royal Dutch Shell anunciou nesta sexta-feira, 05, a reabertura de um oleoduto que estava fechado desde o mês passado por causa de uma explosão, seguida de incêndio, em um trecho da estrutura visado por ladrões de petróleo.

SERGIO CALDAS, Agencia Estado

05 de julho de 2013 | 15h04

O oleoduto, conhecido como Trans Níger, transporta 150 mil barris por dia através do Delta do Níger até o terminal de Bonny.

Roubos de petróleo são um problema comum na Nigéria, maior produtor da África, e com frequência prejudicam a produção local da commodity. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ShellNigéria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.