Siderúrgicas japonesas têm lucro fraco no trimestre

A Nippon Steel e a JFE Holdings, as maiores siderúrgicas japonesas, reportaram lucros fracos no primeiro trimestre fiscal (entre abril e junho), afetadas pela demanda doméstica morna, após o terremoto que atingiu o país em março. No entanto, as empresas esperam uma forte recuperação da produção no segundo semestre. As ações da Nippon fecharam com alta de 1,14% na Bolsa de Tóquio, enquanto as da JFE Holdings caíram 1,48%.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

27 de julho de 2011 | 11h50

O lucro da Nippon Steel subiu 8,4% no primeiro trimestre fiscal, para 29,09 bilhões de ienes (US$ 374 milhões), em comparação com o mesmo período do ano passado. Mas o ganho foi atribuído a uma queda de encargos tributários corporativos. A receita subiu 1,5%, para 985,55 bilhões de ienes, enquanto o lucro operacional declinou 25%, para 38,59 bilhões de ienes.

O lucro da JFE recuou 75% no primeiro trimestre fiscal, para 7,12 bilhões (US$ 91 milhões), em bases anuais, e enquanto a receita caiu para 754,53 bilhões de ienes, de 754,66 bilhões de ienes. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.