Siemens fecha acordo de US$7,6 bi para comprar Dresser-Rand

Siemens fecha acordo de US$7,6 bi para comprar Dresser-Rand

O negócio deve fortalecer significativamente a atuação da companhia no setor de óleo e gás na América do Norte

REUTERS

22 de setembro de 2014 | 07h34

O conglomerado industrial Siemens disse nesta segunda-feira que comprará a fabricante de equipamentos para campos de petróleo Dresser-Rand por 7,6 bilhões de dólares, em uma iniciativa que deve fortalecer significativamente o negócio de óleo e gás da companhia na América do Norte.

A alemã Siemens disse que sua oferta de 83 dólares por ação foi apoiada de maneira unânime pela diretoria da Dresser-Rand. Isso se compara a um preço de fechamento da ação da empresa na sexta-feira de 79,91 dólares. O papel subiu 27 por cento nos últimos três meses com especulações sobre uma aquisição.

Minutos após divulgar o comunicado do negócio, a Siemens também informou a venda de sua fatia de 50 por cento na BSH Bosch und Siemens Hausgeraete GmbH para a parceira de joint-venture Robert Bosch GmbH por 3 bilhões de euros (3,85 bilhões de dólares), encerrando sua aliança de mais de 45 anos no segmento de eletrodomésticos.

"Como marca premium nos mercados globais de infraestrutura energética, a Dresser-Rand se encaixa perfeitamente no portfólio da Siemens. As atividades combinadas criarão uma fornecedora de classe mundial para os crescentes mercados de óleo e gás", disse o presidente-executivo da Siemens, Joe Kaeser, em comunicado nesta segunda-feira.

A Reuters divulgou no domingo que as companhias estavam próximas de alcançar um acordo.

(Por Ludwig Burger)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASSIEMENSDRESSERRANDGRP*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.