Reprodução
Reprodução

Publicidade de baixo custo ganha Grande Prêmio em Cannes

Agência Adam & Eve DDB, de Londres, usou imagens de câmera de segurança gravadas pelo cliente para fazer campanha

Fernando Scheller, enviado especial, O Estado de S. Paulo

27 Junho 2016 | 05h00

CANNES - Na publicidade atual, em que cada vez mais as agências tentam criar megaproduções, a vencedora do Grand Prix (Grande Prêmio) da categoria Film Lions – que elege o melhor filme publicitário do ano – em Cannes, deu uma aula de simplicidade. Produzido pela agência Adam & Eve DDB, de Londres, o filme para a loja de departamentos Harvey Nichols teve custo praticamente zero.

A agência partiu de um conceito simples para criar o filme: usou imagens de câmera de segurança que foram gravadas pela própria loja para mostrar várias cenas reais de pessoas roubando itens de diversos departamentos. A edição mostrou o furto em si, as pessoas saindo das lojas e, posteriormente, as câmeras externas no momento em que os ladrões foram pegos por seguranças ou pela polícia.

Para dar um tom de humor ao filme, a única intervenção de pós-produção nas imagens foi a criação de animações do tipo “irmãos metralha” para esconder o rosto das pessoas retratadas no filme. O slogan da campanha aparece apenas no fim da produção, que dura um minuto e meio: “Quer algo de graça? Consiga isso de forma legal. App de bônus da Harvey Nichols. Faça o download agora.”

“Acho que a campanha conseguiu reinventar a forma de usar imagens de câmeras de segurança”, disse Joe Alexander, vice-presidente de criação da The Martin Agency e presidente do júri de Film Lions. “E esse filme mostra que é possível criar uma narrativa sem um roteiro e com orçamento bem baixo.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.