Sinalizador da produção industrial sobe 3,8% em maio, diz FGV

Em relação a maio de 2008, índice teve queda de 9,9%; indicador busca antecipar tendências da indústria em SP

Agência Estado,

15 de junho de 2009 | 08h21

A produção da indústria paulista referente a maio deve subir 3,8% confronto com mês anterior. É o que mostra o Sinalizador da Produção Industrial (SPI) de São Paulo, divulgado há pouco. Em abril, o índice teve alta de 3,2% na comparação com março, na série com ajuste sazonal - sendo que a produção de São Paulo apresentou alta de 1% naquele mês, no mesmo tipo de comparação, de acordo com dados oficiais do IBGE. Na série sem ajuste sazonal, o SPI teve alta de 11,8% em maio ante abril, em comparação com a queda de 0,6% em abril ante mês anterior.

 

Veja também:

especialAs medidas do Brasil contra a crise

especialAs medidas do emprego

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise 

 

Em relação a maio de 2008, o SPI registrou queda de 9,9%. Em abril, o sinalizador havia apurado queda de 16,2% ante igual período do ano passado. Já na comparação dos últimos 12 meses até maio, com o período de 12 meses encerrado em abril, a taxa do SPI é negativa em 4,3%, a menor desde novembro de 1999 (-5,4%) nesse tipo de comparação.

 

O objetivo do indicador, elaborado por meio de parceria entre a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e a AES Eletropaulo, é antecipar as tendências da atividade industrial no estado de São Paulo.

 

(Alessandra Saraiva)

Tudo o que sabemos sobre:
Produção IndustrialFGV

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.