Sindicato na Grécia convoca greve para 11 de maio

Sindicato, que possui 800 mil trabalhadores filiados, disse que as medidas de austeridade pesam mais sobre os 'assalariados, aposentados e desempregados'

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

18 de abril de 2011 | 12h59

O sindicato do setor privado da Grécia GSEE convocou nesta segunda-feira uma greve de 24 horas para 11 de maio pata protestar contra as mais recentes medidas de austeridade do governo.

Num comunicado, o sindicato, que possui 800 mil trabalhadores filiados, disse que as medidas continuam a pesar mais sobre os "assalariados, aposentados e desempregados, que têm de carregar o peso da crise".

Na última sexta-feira, o governo do Partido Socialista da Grécia anunciou planos para a adoção de medidas de austeridade adicionais no valor de € 26 bilhões durante os próximos cinco anos. O pacote final está previsto para ser votado no Parlamento em 15 de maio.

Em maio do ano passado, a Grécia evitou por pouco um default após receber um pacote de socorro de € 110 bilhões da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) em troca da implementação de um duro programa de austeridade ao longo de muitos anos para tentar corrigir as finanças e a economia do país. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Gréciasindicatogreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.