Sindicatos franceses convocam greve geral para 28 de outubro

Já foram organizados até agora seis dias de protestos nacionais, quatro dos quais coincidiram com greves nacionais

Priscila Arone, da Agência Estado,

21 de outubro de 2010 | 16h45

Os sindicatos franceses convocaram os trabalhadores para a realização de manifestações e de uma greve geral no dia 28 de outubro e de novos protestos no dia 6 de novembro contra a reforma do sistema previdenciário do país, que está sendo discutida no Senado.

Até agora, os sindicatos organizaram seis dias de protestos nacionais, quatro dos quais coincidiram com greves nacionais. As manifestações começaram como uma forma de protestar contra a reforma da previdência, mas com o passar dos dias parecem estar abrangendo outros temas que causam descontentamento na população.

Nos últimos dias, houve episódios de violência em algumas regiões do país e estudantes e manifestantes entraram em confronto com a polícia.

Na quarta-feira, Sarkozy ordenou que a polícia retirasse os manifestantes que bloqueavam a entrada de depósitos de combustível em todo o país. Os grevistas interromperam a produção nas refinarias francesas e os bloqueios nos depósitos deixaram um terço dos postos de gasolina franceses sem combustível, enquanto os motoristas tentam desesperadamente encontrar o produto. Autoridades esperam normalizar a distribuição de combustíveis em quatro ou cinco dias.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.