Sinergia entre Pão de Açúcar e Carrefour pode atingir R$ 1,8 bi ao ano

As duas redes passam a ter juntas 27% do mercado formal brasileiro de supermercados

Altamiro Silva Junior e Rodrigo Petry, da Agência Estado,

28 de junho de 2011 | 09h36

A fusão do Pão de Açúcar com o Carrefour pode gerar sinergias que chegam a R$ 1,8 bilhão por ano, segundo Claudio Galeazzi, sócio do BTG. A estimativa é que os ganhos anuais variem entre R$ 1,3 bilhão a R$ 1,8 bilhão.

"Haverá ganho de escala significativo. As sinergias serão muito relevantes, caso a operação seja aprovada", disse o executivo. O Grupo Pão de Açúcar e o Carrefour têm mais de 1,2 mil lojas juntos, presentes em 178 municípios do Brasil.

As duas redes passam a ter juntas 27% do mercado formal brasileiro de supermercados. O Grupo Pão de Açúcar tem um total de 50 centros de distribuição, ante 17 do Carrefour.

Galeazzi lembrou que nos Estados Unidos, o WalMart, maior rede de supermercados do mundo, tem 32% do mercado americano e, por isso, consegue oferecer preços mais baixos aos consumidores. Com o Pão de Açúcar aconteceria o mesmo no Brasil, segundo afirmou. 

Tudo o que sabemos sobre:
Pão de AçúcarCarrefour

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.