Sinopec compra 40% do capital da Repsol no Brasil

Petrolífera chinesa concluiu aumento de capital de US$ 7,11 bilhões e passa a ser sócia da Repsol no Brasil

Reuters,

28 de dezembro de 2010 | 15h50

A Repsol informou nesta terça-feira, 28, que concluiu o aumento de capital de US$ 7,11 bilhões em operação subscrita pela chinesa Sinopec, que passa a ser sócia da Repsol no Brasil.

O negócio havia sido anunciado em outubro e fez a Repsol cancelar seus planos de abrir capital na bolsa de valores brasileira. A Sinopec terá 40% dos ativos da Repsol no País.

Entre os 16 ativos da empresa espanhola no País, a Repsol Brasil, está a participação de 25% no BM-S-9, operado pela Petrobrás, onde já foram descobertos os prospectos de Guará e Carioca.

Guará, que iniciou Teste de Longa Duração no dia 25 de dezembro pelo período de cinco meses, tem reservas de 1,1 a 2 bilhões de barris de petróleo recuperável. Carioca é considerado um campo promissor, mas ainda não possui estimativas de produção.

A joint venture vai usar os recursos para desenvolver uma série de campos que deverão produzir 50 milhões de barris de óleo equivalente por ano em 2019.

"Os fundos aportados na operação permitirão à Repsol Brasil o desenvolvimento total de sua carteira de ativos, que incluem algumas das descobertas mais importantes do mundo nos últimos anos. O offshore brasileiro é uma das maiores áreas de crescimento em reservas de hidrocarbonetos do mundo", afirmou a Repsol em comunicado.

(Reportagem de Carlos Ruano; com reportagem adicional de Denise Luna, no Rio de Janeiro)

Tudo o que sabemos sobre:
RepsolSinopecPetrobráspetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.