Softbank defende oferta de aquisição da Sprint

O presidente executivo da companhia de telefonia Softbank, Masayoshi Son, disse nesta terça-feira que a oferta feita pela empresa para comprar a Sprint Nextel apresenta aos acionistas da companhia dos Estados Unidos um prêmio maior do que a proposta da concorrente Dish Network, indicando que não elevará a oferta para adquirir a empresa.

AE, Agencia Estado

30 de abril de 2013 | 15h33

Os comentários foram feitos após a Softbank ter concordado que a Sprint reúna mais informações da Dish sobre a proposta de aquisição do negócio de TV por satélite da companhia dos EUA. A Sprint estabeleceu a data preliminar de 12 de junho para os acionistas da empresa votarem sobre a proposta da Softbank. A oferta da companhia japonesa é de aquisição em três fases. A primeira etapa do processo já foi concluída, com a compra de US$ 3,1 bilhões em bônus conversíveis em ações da Sprint pelo valor de US$ 5,25 por ação. Se o acordo for concluído, a Softbank deterá 70% da Sprint por um valor de US$ 20,1 bilhões.

Nesta segunda-feira (29), um porta-voz da Dish reiterou que a empresa está confiante que o conselho da Sprint chegará à conclusão de que sua oferta é superior. A Dish argumentou que a proposta - a primeira a combinar serviços de TV por satélite com alcance nacional e de telefonia celular - seria financeira e estrategicamente melhor para a Sprint. Juntas, as duas empresas poderiam oferecer serviços de voz, vídeo e internet de alta velocidade para consumidores residenciais e de telefonia móvel.

No começo do mês, a Dish fez uma oferta de compra aos acionistas da Sprint de US$ 4,76 por ação à vista e cerca de US$ 2,24 em papéis da Dish. De acordo com Son, da Softbank, a oferta da Dish inclui premissas que são equivocadas. "Não se compara maçãs com maçãs. Eu quero explicar melhor aos acionistas a nossa oferta de forma que eles possam avaliá-la adequadamente", disse. "Os números superficiais não incluem as sinergias que nós oferecemos." As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
SoftbankofertaSprint Nextel

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.