Soja: Brasil e China discutem em dezembro regra para importação

Brasília, 29 - Brasil e China começam a discutir, em dezembro, a regra imposta por Pequim para importação de óleo de soja bruto do Brasil. Entre os dias 13 e 17 de dezembro, técnicos da Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura estarão na China para formar o grupo que trabalho que vai avaliar o assunto. Resolução 1535, que entrou em vigor no dia 1º de outubro, estabeleceu limite máximo de 100 partes por milhão (PPM) do solvente hexano por tonelada de óleo de soja bruto importado do Brasil. A adoção desse nível de hexano levou a iniciativa privada do Brasil a dizer que a regra era impraticável, pois o teor usual é de 600 PPMs. A criação do grupo de trabalho foi resultado da visita que o presidente da China, Hu Jintao, fez ao Brasil em novembro. Além do óleo de soja, o grupo deve discutir a presença de grãos geneticamente modificados em carregamentos de soja remetidos pelo Brasil para os portos chineses. A China estabelece limite de 0,9% para a mistura. A China é o grande comprador da soja produzida no País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.