Soja: Consórcio Anti-ferrugem identificou fungo em 51 municípios

São Paulo, 16 - O Consórcio Anti-ferrugem contabiliza a ocorrência da ferrugem asiática da soja em oito estados brasileiros (MT, PR, RS, MA, GO, MS, MG, SP) e 51 municípios. O fungo causador da ferrugem foi identificado recentemente em dois municípios do Mato Grosso do Sul e outros dois de Minas Gerais. O Paraná é o estado com maior número de focos: 21 municípios. A identificação da ferrugem tem sido feita por 54 laboratórios, credenciados ao Consórcio Anti-Ferrugem. "É importante salientar que apenas 19 dos 51 focos foram identificados em lavouras comerciais, o restante ocorre em soja voluntária ou em unidades de alerta, áreas em que a soja foi semeada precocemente, justamente para detectar a presença do fungo na região", explica o pesquisador Ademir Henning, da Embrapa Soja, membro do Consórcio Anti-ferrugem. "O alerta que fazemos aos produtores é que intensifiquem o monitoramento em suas áreas e fiquem atentos às informações sobre novos focos da ferrugem. Somente o controle adequado do fungo vai evitar perdas". Confira a relação de municípios em que há focos de ferrugem: Primavera do Leste, Lucas do Rio Verde, Sapezal, Campo Verde e Tapurah (MT); Nova Cantu, Três Barras do Paraná, Palmeira e Boa Esperança do Iguaçu, Congonhinhas, Londrina, Boa Vista da Aparecida, Borrazópolis, Nova Aurora, Palotina, Pato Branco, Salto do Lontra, Santa Helena, Serranópolis do Iguaçu, São Jorge d'Oeste, Terra Roxa, Mauá da Serra Quarto Centenário Dois Vizinhos e Francisco Beltrão e Jaguariaiva (PR); Nonoai, Sananduva, Cruz Alta, Espumoso, Itaara, Jóia, Santa Rosa, Nonoai, Sarandi e Santiago (RS); Balsas (MA), Jandaia, Montevidiu, Goiatuba, Ipameri, Itapirapuã, Joviânia, Rio Verde, Senador Canedo, Vicentinópolis (GO); Dourados, Maracajú (MS); Uberaba, Patrocínio (MG) e Itaberá (SP). O mapa com os locais onde há ocorrência da doença, assim como informações sobre identificação da ferrugem, controle da doença, produtos registrados, entre outros dados, estão disponíveis no Sistema de Alerta: www.cnpso.embrapa.br/alerta.

Agencia Estado,

16 de dezembro de 2004 | 18h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.