Soja: plantio da safra chega a 91%; comercialização segue lenta

São Paulo, 6 - O plantio da nova safra brasileira de soja (2004/05) chegou, na sexta-feira (3), a 91% do total previsto, conforme levantamento semanal feito pela consultoria Céleres. Na mesma data do ano passado e na média de cinco anos para o período, o percentual plantado era de 92%. Entre as lavouras plantadas, 31% emergiram e entraram em fase de desenvolvimento vegetativo, segundo os consultores, contra 30% na mesma data do ano passado e 41% na média de cinco anos para o período. Nos dois maiores estados produtores, Mato Grosso e Paraná, o plantio da safra nova chegou a 96% na sexta-feira. O clima favorável ao plantio permitiu um avanço de 13 pontos percentuais na semana passada. A comercialização antecipada da safra nova permanece muito lenta, com avanço de apenas 1 ponto percentual na semana passada, para 15%. Na mesma data do ano passado, segundo a Céleres, 48% da safra futura tinham sido comercializados, e a média de cinco anos para o período é de 35%. A comercialização da safra velha bateu 93%, contra 99% na mesma data do ano passado e 100% na média de cinco aos para o período. Os preços considerados baixos respondem pelo ritmo lento da comercialização, conforme análise da Céleres. Os consultores apuraram que os preços internos sofreram baixa de 3,6% na semana passada, pressionados pela fraqueza dos futuros da Bolsa de Chicago (CBOT) e pelo câmbio. Em comparação aos preços da primeira semana de dezembro do ano passado, os preços vigentes caíram 32,6%, segundo cálculo da Céleres.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.