Solução para crise está ‘próxima’, diz Manuel Barroso

Presidente da Comissão Europeia destacou que grandes decisões precisarão ser tomadas neste domingo, durante o encontro de cúpula dos ministros da UE

Fábio Alves, da Agência Estado,

22 de outubro de 2011 | 20h09

BRUXELAS - O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, disse neste sábado, 22, que uma solução ampla para a crise da dívida da zona do euro está "próxima", mas que grandes decisões terão de ser tomadas neste domingo, durante o encontro de cúpula dos ministros da União Europeia.

"Estou confiante que uma solução ampla está próxima. Os ministros das Finanças avançaram hoje, mas decisões críticas terão de ser tomadas amanhã na cúpula", afirmou Barroso, depois de uma reunião de mais de dez horas neste sábado dos ministros das Finanças da UE.

O presidente da Comissão Europeia afirmou ainda que o resultado dos encontros de cúpula deste fim de semana "também é uma questão de vontade política". "Espero que todos os chefes de Estado e de governo dos Estados membros farão jus à sua responsabilidade", afirmou.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
criseeuroComissão EuropeiaUEreunião

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.