Stora Enso e Arauco vão comprar ativos da Ence no Uruguai

A companhia espanhola Ence informou nesta segunda-feira que vendeu sua usina de celulose Punta Pereira junto com outros ativos uruguaios para a fabricante norueguesa de papel Stora Enso e chilena Arauco por 340 milhões de dólares.

REUTERS

18 de maio de 2009 | 10h09

A Ence afirmou que usará os fundos oriundos da venda, que espera fechar no terceiro trimestre, para fortalecer seu balanço e financiar seus planos de energia renovável na Espanha.

Às 9h42 (horário de Brasília), as ações da Ence subiam 1,2 por cento, cotadas a 2,62 euros, com investidores receptivos à tão esperada venda. Já os papéis da Stora Enso exibiam alta de 1,14 por cento, negociados a 4,43 coroas norueguesas.

"Essa transação vai garantir oferta estratégica de matéria-prima para uma fábrica de celulose de classe mundial no Uruguai que estamos planejando em conjunto com a Arauco", disse o presidente-executivo da Stora Enso, Jouko Karvinen, em um comunicado.

No Brasil, a Stora Enso divide com a Aracruz o controle da fábrica de celulose Veracel, na Bahia.

A Stora informou que o acordo abrange cerca de 130 mil hectares de terras e plantações, 6 mil hectares de terras arrendadas e outras operações pertencentes à Ence nas regiões central e leste do Uruguai.

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASSTORAENSOARAUCO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.