Sumitomo: minério de ferro no País terá US$ 450 mi

A Sumitomo Corp planeja aumentar em 70% até 2013 a capacidade de produção da mina que opera no Brasil juntamente com a Usiminas, segundo o jornal japonês Nikkei. A trading japonesa adquiriu uma participação de 30% de uma subsidiária da Usiminas no fim de 2010. A fatia na Mineração Usiminas SA dá direitos à Sumitomo sobre minério de ferro no Brasil. A mina deve produzir 7 milhões de toneladas de minério em 2011.

REGINA CARDEAL, Agencia Estado

05 de outubro de 2011 | 17h23

O aumento na produção, equipamento de processamento de minério de baixo teor, com cerca de 40% de conteúdo de ferro, está previsto para o próximo ano ao custo projetado de US$ 450 milhões. Até agora, o minério tem sido armazenado na mina, mais do que embarcado para clientes. A Sumitomo também tem direitos de usar minério de baixo teor de uma mina vizinha operada por uma companhia diferente.

A mina que a Sumitomo opera em conjunto deve produzir 12 milhões de toneladas de minério em 2013. Com a demanda por aço crescendo para acompanhar a economia global, especialmente a da China e outros países emergentes, os planos preveem o aumento da produção anual na operação brasileira para 29 milhões de toneladas a 30 milhões de toneladas em 2014-2015. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
minério ferrosumitomoBrasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.