Susep determina liquidação da Edel Seguradora

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) determinou a liquidação imediata da Edel Seguradora, sediada em Porto Alegre. A empresa estava em regime de liquidação ordinária. A decisão da autarquia foi motivada pelo aumento das dívidas da companhia nos últimos três anos, que saltaram de R$ 1,6 bilhão para R$ 7,9 bilhões.

ALINE BRONZATI, Agencia Estado

26 de julho de 2012 | 18h59

Além da insolvência da seguradora, a Susep identificou diversas operações de cessão de direitos e bens, compra de imóveis, com indícios de gestão temerária durante o processo de liquidação. Segundo comunicado da autarquia, na próxima semana, a Procuradoria Federal e a Susep vão decidir sobre o bloqueio dos ativos da companhia.

Recentemente, o órgão regulador do mercado de seguros estabeleceu novos critérios e condições para a contratação e atuação de liquidantes - profissionais responsáveis pelo ajuste de contas e divisão de bens patrimoniais de seguradoras em dissolução. O objetivo da Susep é tornar o processo de liquidação mais ágil e transparente, pois existem casos que se estendem por décadas.

Tudo o que sabemos sobre:
SusepEdelliquidação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.