Susep permite que Alterra tenha unidade no Brasil

Mais uma resseguradora estrangeira vai se instalar no Brasil. Com capital de R$ 80 milhões, a Alterra Re Participações foi autorizada pela Superintendência de Seguros Privados (Susep) a constituir uma empresa de resseguros no mercado local. A companhia é controlada pela Alterra Capital Holdings Limited, com sede em Bermudas.

ALTAMIRO SILVA JÚNIOR E ALINE BRONZATI, Agencia Estado

18 de janeiro de 2012 | 14h00

Está é a segunda resseguradora autorizada pela Susep a operar na categoria "local" (que exige abertura de subsidiária no Brasil) este mês. No dia 6, o grupo suíço Zurich recebeu aval para abrir uma companhia com capital de R$ 100 milhões, acima do mínimo de R$ 60 milhões exigido pelo regulador.

O objetivo do próprio governo é incentivar a abertura de resseguradoras locais. Pelas regras do resseguro, quem abrir uma companhia aqui tem reservado no mínimo 40% dos prêmios gerados pelo mercado de seguros. As seguradoras precisam oferecer esses prêmios primeiro para as companhias de resseguro locais e somente se elas recusarem é que então poderão procurar outras resseguradoras.

Além da Zurich e da Alterra, as resseguradoras dos grupos Chartis e Swiss Re também receberam recentemente sinal verde para atuar no Brasil e competir com o IRB-Brasil, resseguradora estatal que teve o monopólio do setor por 69 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
resseguroSusepAlterra

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.