Suzano anuncia reajuste para celulose a partir de março

A Suzano Papel e Celulose comunicou oficialmente hoje um reajuste de US$ 30 por tonelada para a celulose de eucalipto (fibra curta) vendida nos Estados Unidos, na Europa e na China. O aumento, o terceiro consecutivo, passa a valer em 1º de março e acompanha a trajetória de alta mensal dos preços para a celulose de fibra longa, conforme divulgado nos últimos dias pelos fabricantes do Hemisfério Norte. Após a aplicação do novo reajuste, o preço lista (de referência) da Suzano no exterior subirá para US$ 820 por tonelada na América do Norte, US$ 790 na Europa e US$ 750 na China.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

23 de fevereiro de 2010 | 14h56

O aumento para a celulose de fibra curta era esperado devido aos novos preços anunciados por fabricantes de fibra longa. Além disso, a consultoria finlandesa Foex divulgou hoje levantamento semanal no qual os preços da celulose de fibra curta seguem tendência ininterrupta de alta. A tonelada vendida na Europa, por exemplo, subiu 0,34% na semana e chegou a US$ 756,46, próximo ao valor de US$ 760 por tonelada que havia sido anunciado para fevereiro.

Tudo o que sabemos sobre:
celulose, Suzano, reajuste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.