Suzano tem recordes operacionais no 4º trimestre

O balanço do quarto trimestre da Suzano Papel e Celulose foi caracterizado, assim como já era esperado, por um prejuízo trimestral provocado pelo dólar, parcialmente compensado por resultados operacionais robustos. Se por um lado a marcação a mercado da parcela da dívida denominada em moeda estrangeira ocasionou uma despesa financeira líquida de R$ 339 milhões no trimestre, por outro o mesmo dólar ajudou o Ebitda ajustado a saltar 38,4%, para R$ 543,4 milhões. A receita, por sua vez, cresceu 12,9%, para R$ 1,660 bilhão. Ambos os números representam novos recordes trimestrais à Suzano.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

14 de março de 2014 | 09h57

Com o dólar mais valorizado, o preço médio da celulose vendida pela companhia no quarto trimestre alcançou R$ 1.397 por tonelada, um aumento de 10,9% em relação aos três últimos meses de 2012. O câmbio também contribuiu para que o preço líquido médio da Suzano no segmento papel crescesse 5,6% em igual comparação, a R$ 2.401 por tonelada. Soma-se a isso uma expansão de 5% no volume de vendas, e a receita chegou a R$ 1,66 bilhão, levemente superior à previsão de R$ 1,615 bilhão dos analistas.

Na outra ponta, a Suzano adotou uma série de medidas de controle de custos, as quais permitiram que o custo caixa de produção, indicador que melhor dimensiona a competitividade das linhas de produção da companhia, crescesse 5,7% no quarto trimestre, na comparação anualizada. Abaixo, portanto, da variação da inflação brasileira no período, ainda que o custo com madeira tenha crescido devido ao maior raio médio das florestas no mix de abastecimento das fábricas de celulose. Na mesma base de comparação, as despesas com vendas, gerais e administrativas encolheram 3,1%.

Além do resultado operacional levemente acima do esperado pelos analistas - o Ebitda ficou 3% acima da média projetada pelo mercado -, o balanço trimestral foi impulsionado por um ganho na linha de imposto de renda e contribuição social. Nesse item, a Suzano registrou resultado favorável de R$ 2,5 milhões, revertendo assim despesa de R$ 28,1 milhões apurada no quarto trimestre de 2012.

Tudo o que sabemos sobre:
Suzanobalanço4º trimestreoperação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.